Translator

quarta-feira, maio 03, 2006

Sabem o que eu deduzo do imbróglio Evo Morales x Petrobrás?

Que o custo de exploração, extração, refino e distribuição do petróleo e de seus derivados é muito inferior ao preço de cotação do mercado internacional. Sempre foi assim aqui no Brasil e no resto do mundo.
Mas a Petrobrás vende seus produtos no Brasil a preços de mercado internacional alegando que precisa de caixa para investimentos em prospecção e para aumentar suas reservas e capacidade produtiva. O governo pega carona nestes preços, com uma taxação absurda de impostos, contribuições e taxas que são de 50%. Daí apesar do preço final ao consumidor brasileiro ser um dos maiores do mundo, a Petrobrás ainda apresenta lucros altíssimos(3,5 bilhões de dólares em 2004).

Pelo visto, os impostos na Bolívia que eram de 18%, passaram para 50% no governo anterior daquele país e hoje são de 82% com a canetada do tal do Morales,
não estão incomodando tanto o Grande Apedeuta e os dirigentes da nossa estatal-mor.





Tanto é que o presidente barbudinho da Petrobrás (meu Deus, estou com saco cheio de ver tanto barbudinho cagando regra e falando besteira na tv e na mídia) não se importou tanto com a rasteira do Índio-Presidente do país vizinho.

Mas é claro!
Quando os impostos eram 18%, o lucro da Petrobrás e das outras petroleiras internacionais no caso do gás boliviano eram galáticos. Com os 50% de impostos, estes lucros se reduziram mas continuaram astronômicos. Talvez com os 82% de impostos, os lucros finalmente ficarão a níveis andinos de 30 a 40%.

Quero exemplificar meu pensamento.
Vamos pegar o caso da gasolina no Brasil. A gente paga R$ 2,60 por litro em média.
Deste total, metade é imposto, vai pro mensalão do Lula.
Sobram R$ 1,30 que é o preço das distribuidoras,dos postos, com lucro e tudo. Digamos que o lucro da distribuição seja uns 10%, ou R$ 0,13. Sobram R$ 1,17 por litro que seria o custo da Petrobrás para prospectar, explorar, refinar e distribuir gasolina. A gasolina representa 30% de um barril de petróleo ou seja 48 litros. Então ela fatura só com a gasolina, R$ 56,00 por barril de petróleo extraído. Digamos que com os outros 2/3 do barril(111 litros) ela fature mais 1,5 vezes o que fatura com a gasolina. No total, de um barril extraído ou comprado, ela faturaria com derivados R$ 140,00 ou 65 dólares, sem impostos. Segundo ouvi aqui e ali, de amigos ligados à Petrobrás, ela paga na média entre o petróleo extraído e comprado lá fora(custo técnico), 24 dólares. Ou seja, o lucro limpo é de 41 dólares por barril(64%)!!!
Agora, voltemos para o gás natural. É um produto de baixíssimo custo de extração por ser sub-produto do processo de extração de petróleo(tanto que até poucos anos atrás o gás era queimado simplesmente nos campos de exploração). Bem menor que o petróleo. Dizem que comparado ao petróleo, o custo de extração, processamento, distribuição não passa de 4 dólares por barril de petróleo “equivalente” e o gás é vendido pela Petrobrás,sem impostos, a 50 centavos por m3 que equivale a meio litro de gasolina, na prática. Assim um “barril” de gás boliviano rende 23 reais e custa 8! Com o aumento dos impostos bolivianos, este custo vai para 13 dólares.

Entendem o sossego do barbudinho Gabrielli?

6 comentários:

Anônimo disse...

E o "passeio" do alcool?
Alguém pode me explicar por que o alcool sai de uma usina no meio do sertão, vai para a puta que pariu (mais de mil km de distancia da usina) depois ele volta para o posto de combustivel bem ali do lado da usina (outra puta que pariu de distancia de volta)???

Pois é o que vejo acontecer, Usina de Sonora, note de Mato Grosso do Sul, seu alcool vai para São Paulo e depois volta para a central distribuidora em Campo Grande e daí até ao posto da cidade de Sonora! (total quase 2.000 km de passeio).
Por que ele não sai da usina direto para o posto de abastecimento?

Star disse...

Tunico,

O sossego do barbudinho e de todos os barbudinhos é porque estão criando a "República Socialista da América Latina.

Após reunião entre Lula, Evo Morales, Kirchner e Chavez, praticamente foi anunciada a criação da República Socialista da América Latina, pra bom entendedor, meia palavra basta.

Lula e o PT entregaram o Brasil e o povo brasileiro para o grande Hugo Chavez, chefe dessa união de países socialistas. Quer mais ou esta bom asssim?

Pra mim chega.
Beijo

Serjão disse...

Sei que vc vai gostar (como eu gostei)
-Sabe o que um conrinthiano vai fazer quando o corinthians ganhar uma libertadores?

Vai chorar de alegria
Gritar de emoção
Salvar no Memory Card e
Desligar o Plastation...
Abraços

Nat disse...

Tunico,

Cada vez estou mais convicta de que somos os verdadeiros idiotas latino-americanos.

Bjs

Santos Passos disse...

Bela análise.
Mas daí a detestar qualquer "barbudinho", péra lá.
Deixa eu continuar a usar minha barba. No tempo dos militares, usar barba era perigoso. Será que vamos voltar a isso? Na Cidade de Deus (do Bradesco), não entrava barbudo. O problema da classe média é que - à medida que se decepciona com os Lullas da vida, corre pro fascismo. Devagar com o andor, Tunico.
Abração

Anônimo disse...

PROTESTO... Além de Corrupto, o Lula é Entreguista, Fraco, Frouxo, Mole, Traidor, Medroso e Covarde ao aceitar a posse de nossa estatal pelo Boliviano (Evo Morales)...O que mais me parece é que, lula vendeu a filial da petrobrás por baixo dos panos)aos bolivianos. Isto é um crime de lessa-pátria, o pior é ver os brasileiros abobalhados de boca calada e o mais vergonhoso ainda é a Mídia e os poderes representativos do povo (Legislativo e Judiciário), sendo coniventes e omissos com as ações desse desgoverno Lula. * Se o FHC, foi chamado de vendilhão da pátria por ter privatizado empresas brasileiras, como deve ser chamado o Lula? Se este aceitou com naturalidade (É MUITO SUSPEITA!), a posse (tomada) de nossa filial petrobrás por Evo Morales? Seus \"idiotas\" brasileiros, REAJAM, não é só o petróleo que é nosso, o BRASIL e a PETROBRÁS Também.