Translator

domingo, agosto 09, 2009

A república dos coronéis e cangaceiros

O Congresso brasileiro hoje está sendo manobrado à distância por um apedeuta através de representantes dos dois mais inexpressivos estados da União. Maranhão e Alagoas.

Estados inexpressivos não pelo seu povo, pela sua história, mas pelos seus políticos mais retrógrados, que levaram durante anos estas terras tão lindas e promissoras a uma situação de completo feudalismo onde a pobreza impera, a desigualdade é levada ao extremo. Maranhão e Alagoas são hoje dois dos estados mais atrasados do Brasil.

Graças a Sarney, Collor e Renan. O trio que melhor representa o vampirismo político brasileiro. O trio que pior representa a política brasileira.

Soberbos, vingativos, violentos, verdadeiros reis do cangaço moderno. Sanguessugas de seu povo e de todos os brasileiros.

Assistimos esta semana que passou, cenas no Senado que poderiam fazer parte de um filme classe "C" , tal a baixaria.

Vimos Collor mandar o Senador Simon engulir suas palavras, dobrá-las e usá-las como bem lhe aprouvesse.

Vimos Renan chamar o seu colega senador de "coronel de merda".

Vimos Sarney do alto de seu posto, na cadeira azul da presidência impassível, calando e consentindo na baixaria porque os seus asseclas da tropa de choque estavam defendendo a sua indefensável posição de presidente do Senado em nome da sua biografia e da governabilidade do governo Lula.

Lula por sua vez, com a grosseria e imbecilidade que lhe é peculiar, apoiou nos bastidores a baixaria, calando-se em público para não macular a sua falsa popularidade e evitar passar ao povão a realidade de sua triste figura, de aproveitador, enganador da ignorância alheia.

O que faltou?

Faltou Collor reeditar o episódio triste de seu pai, sacando um revólver para matar o senador Simon? O Senador Simon confessou ter ficado temeroso.

Faltou Renan colocar seus jagunços no plenário e abater o Senador Jereissatti em nome da defesa de sua honra?

Não fosse a mídia presente, podem crer que eles teriam feito isso. São tão bandidos, tão crápulas, que seriam capazes de assim agir se pudessem.

O que faltou mesmo foi vergonha na cara destas tristes figuras da política brasileira e de seus comparsas.

Falando em comparsas, não consigo engolir um senhor senil como Paulo Duque nesta idade ser tão subserviente ao que há de pior na política brasileira. O povo fluminense aceita isso? Ou então engolir o outro senhor de longas melenas sebentas que declara seguir a ética que a maioria lhe mandar seguir. O povo de Minas Gerais aceita isso? E os dois nem foram eleitos pelo voto do povo que falsamente dizem representar.

É igualmente deplorável
a omissão da bancada petista liderada pelo covarde Aloísio Mercadante e pela falsa "pit-bull" Ideli Salvatti diante desta sujeira toda. Afinal eles se elegeram prometendo trabalhar pela ética e honestidade no Congresso. Mas não. Abaixaram a calça e calçola para o seu líder de fancaria que se sente como um ditadorzinho em cima da sua popularidade mas que não passa de um ídolo com pés de barro. Barro saído de uma lagoa de esgoto fétido localizada infelizmente dentro do palácio do Planalto.

7 comentários:

Fábio Mayer disse...

A atuação de todo o Senado está em xeque neste momento. Seja porque é inaceitável por qualquer princípio lógico que um Collor venha a defender um Sarney, ou que um Sarney venha a apoiar o governo Lula, ou por uma Idelli Salvatti apoiar descaradamente os atos de Renan Calheiros e José Sarney e de repente, sem maiores explicações, voltar-se contra eles.

Os petistas encaram toda e qualquer denúncia de corrupção como algo contra eles e o governo Lula. É mania de perseguição, só pode ser... porque a única alternativa é ter culpa grossa no cartório.

Lord disse...

Amigo estou likando seu blog, parabens, gostei muito.
2010 VEM AI, “ELEJA, NÃO REELEJA”, Vamos limpar o Congresso, aquele show de horrores, com CPIs terminando em pizza, deputados e senadores arrogantes, acobertando uns aos outros. Os atuais deputados e senadores sabem o que ali acorre, porem sao coniventes! Alguns criticam seus pares, mas falta coragem. Lamentável porque precisamos de HOMENS QUE MORALIZEM AQUELAS INSTITUIÇÕES. Caranovanocongresso.blogspot.com

Ozéas disse...

É campeão, continuamos afinados numa mesma direção.
Quanto lixo e podridão, o que fazer senão deixar pelo menos registrado nossa indignação, um dia vai servir para alguém na história.
Abç

Saramar disse...

Tunico, eu também fico impressionada ao ver a atuação deste paulo Duque, um senhor caquético e tão cínico! Deve ser por isso que foi escolhido como suplente.
Aliás, pensando também no estranho e horroroso cabeludo, imagino que o pré-requisito essencial para a assunção a esta posição seja a mais imensa cara-de-pau (com todos os hífens).

beijos

Ronald disse...

TÔ FUDIDO....NÃO EXISTE OUTRA SAÍDA...

Adianta eu, você e mais aqueles que querem viver num país justo se quem tem poder de voto é justamente aquele que vive de bolsa esmola????

Marcos Pontes disse...

Por essas e putras que me recuso a ser representado por esses nossos representantes.

Lord disse...

Campanha Ficha Limpa organiza coletas
Ações integram esforço nacional de arrecadar 300 mil assinaturas em 30 dias. Ao longo do mês de agosto acontecerão várias coletas de assinaturas para a Campanha Ficha Limpa em diferentes cidades.
Colaborem com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral. Organizada pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), a Campanha objetiva viabilizar o encaminhamento do Projeto de Lei de Iniciativa Popular sobre a Vida Pregressa dos Candidatos ao Congresso Nacional. Visitem o site http://www.mcce.org.br