Translator

domingo, maio 15, 2016

Continuo afirmando. É sempre melhor ter um cachorro amigo que um amigo cachorro.

Quem acessa meu skype lê esse lema do título. Aprendi com meu pai.

Ontem às 11 horas da noite, morreu mais um amigo. O filho de outro meu amigo, o pai dele, o Ralf que morreu tem 6 anos. Joquinha. Um cachorrinho que nasceu em 2002, minha filha o escolheu, lhe deu o nome e cuidamos dele por quase 14 anos. Quando o pai dele, também um companheiro amoroso e querido morreu, escrevi neste blog. Está aqui. http://estoudeolho.blogspot.com.br/2010/02/e-sempre-melhor-ter-um-cachorro-amigo.html

 Tem 3 meses que o Joquinha me encarava fixamente com os olhinhos arregalados como se quisesse dizer: "Amigo, estou velhinho, doente e cuida de mim pois eu não posso mais cuidar de você como sempre fiz.Mas me dê o carinho que você sempre me deu". Eu o acomodava junto de mim, ele dormia tranquilo.

Ontem, chegamos em casa e ele estava em crise. O levei ao veterinário e lá se tentou de tudo, em vão. Chegou a hora dele.

Sabem? Dificilmente sinto tanto a morte de uma pessoa como sinto a morte de um animal de estimação ainda mais quando ele vive ao nosso lado. Como seres racionais que somos, encaramos a morte como inevitável e nos preparamos para tal. Porém, mesmo sendo racionais, não conseguimos enxergar a perda de um companheiro irracional como normal. Porque o cão não tem ódios, não tem invejas, não tem neuras. O cão só tem amor e dedicação a quem lhe trata bem, lhe abriga e cuida dele. O cão é binário. Gosta de quem lhe agrada e não gosta de quem lhe agride.Não tem dissimulação, falsidades.Não mente. Que bom seria que os seres humanos juntassem sua racionalidade ao sentimento canino. O mundo seria bem melhor.




Deus te cuide querido amigo.

 

2 comentários:

Elizabeth Cardoso Beth disse...

Imagino o sentimento que tem. Realmente eles são seres especiais. Tenho uma cachorrinha. E ela me encanta a cada dia. Acho que tem um lugarzinho especial pra eles quando partem dessa vida. E que nos encontraremos quando formos também. Bjo

Elizabeth Cardoso Beth disse...

Imagino o sentimento que tem. Realmente eles são seres especiais. Tenho uma cachorrinha. E ela me encanta a cada dia. Acho que tem um lugarzinho especial pra eles quando partem dessa vida. E que nos encontraremos quando formos também. Bjo