Translator

sábado, julho 17, 2010

Extra! Extra! Extra! O "sumício" de Dilma e Lula no Rio

Ontem o partido do crime fez um “sumício” no Rio.
Um "sumício” bossa nova, intimista, estilo João Gilberto: muito silêncio, nenhuma emoção...
Com uso ilegal do aerolula e participação do chefe do partido do crime em horário de trabalho e tudo mais, o “sumício” foi bastante intimista: mil e quinhentos ratos molhados da turma da chamada “militânça paga” foram testemunhas da patética manifestação do partido do crime, que causou um gigantesco caos no trânsito da cidade e irritou os cariocas.
Fora crimes eleitorais mais óbvios, como carros de som (4) e uso de carros da prefeitura do Rio de Janeiro para transporte de propaganda do poste. (Denunciado em VÍDEO – será que o TSE viu? Veja o vídeo AQUI
O chefe do partido do crime desafiou a justiça eleitoral em seu discurso patético, já que ele se acha acima das leis, como Hugo Chaves ou Fidel Castro, claro.
O discurso do poste não conseguiu aplausos nem dos ratos pingagdos da “militânça paga”…
O que mais falta, além de todo o resto, para impugnar o poste e suspender os direitos políticos do chefe do partido do crime por oito anos?

Um comentário:

Blog do Ferra Mula disse...

Mês passado ele aterrisou em Florianópolis para participar do aniversário de 15 anos da neta.
Presente da patuléia brasileira.

Melhor de jato do que de Corcel 1979 sabotado pelos metalúrgicos da época.