Translator

quarta-feira, maio 14, 2008

Falações do aloprado-mor e seus cupinchas

Em 2006 o aloprado-mor papagaiou: "Graças ao meu governo o povo pode comprar um saco de 5kg de arroz Tio João por R$5,90 e um saco de cimento por R$ 11,00" - hoje o arroz está R$ 9,00 e o saco de cimento R$ 17,00.O feijão subiu de 2006 para cá de R$ 2,90 o kg para R$ 6,00.

No lançamento do Programa de Desenvolvimento Industrial, o Ministro Guido Butter(fly?) - aquele do feijãozinho - declarou que o governo vai abrir mão de 21,5 bilhões de reais de impostos em 3 anos para ajudar as empresas a exportarem mais. Sabem o que isso significa? UM POR CENTO da arrecadação de tributos federais anuais! Enquanto isso os gastos do governo federal só com pessoal, aumentarão TRÊS POR CENTO este ano! Isso dá 24 bilhões em três anos. Mais que a redução de impostos!
Neste mesmo dia, os governistas aloprados alardearam que vão construir um montão de navios para atender as exportações e desenvolvimento. Mas não tem porto para eles atracarem. O aloprado-mor cacarejou que o crescimento das vendas de automóveis é o maior dos últimos 10 anos. Mas não tem estrada nem rua para eles andarem.
O aloprado-mor zurrou que o brasileiro hoje come mais. Quem come mais, c..mais (é isso que vocês pensaram). Mas não tem esgoto nem saneamento para a m... toda. Aí, um petralha aloprado vem dizer que o PAC está aí para isso. O governo dos aloprados este ano investiu no PAC só 13 MILHÕES DE REAIS! E desde que este PAC foi anunciado, a média de investimentos não passa de menos de UM POR CENTO do PIB, a mesma média dos últimos 20 anos. O que o palanqueiro-mor está fazendo pelo país é inaugurar pedras fundamentais e programas disso, daquilo e falar mal da burocracia, do Ministério Público, do TCU que "astravancam o porgressio do Brasil". Só isso.

Este governo tem mais programa que todas as emissoras de rádio e TV juntas. É realmente um governo de "programa".
As garotas de programa que se cuidem pois este governo é forte concorrente.
Hoje eu li no jornal que se o Brasil continuar crescendo à razão de 4% ao ano, em 2012 precisará importar 30% do petróleo que consome. Assim a auto-suficiência é mais uma GRANDE MENTIRA.

Pior que isso. Em 2010, vai ter apagão elétrico. Só não terá se São Pedro ajudar com dilúvios e, conforme um especialista em energia disse na TV , se o brasileiro escalonar o banho diário para evitar o pico de energia no final da tarde
(aliás, especialista e cientista político neste país dá mais que xuxu na serra).
Preparem-se pois para o rodízio de chuveiro no país. Será isso ou banho "checo" a frio.
Esse é o desenvolvimento (in)sustentável do governo dos petralhas aloprados.

Em tempo: até que enfim, alguém lá em Brasília decidiu falar verdades na cara de alguém. Assistam CLICANDO AQUI

13 comentários:

CAntonio disse...

Meu caro desenvolvimentista Tunico,

Sensacional o vídeo do Bolsonaro desqualificando (como se fôsse preciso) o estúpido Tarso Genro. Pena que deve haver alguma incompatibilidade de gênios: You tube X Eu.

Vamos às batatadas do NoçuGhia: Tudo bem, tudo corretíssimamente colocado; então eu pergunto a você por quê a nossa maravilhosa, livre e democrática Imprensa não questiona todos esses (não)investimentos? Por quê essa mídia (de merda) ajoelha-se ao tiranete mais sujo e corrupto que pisou por aqui? Quando enfim esse quarto P(h)oder vai parar e pensar que, quando finalmente abrirem os olhos (e pararem de terem os bolsos, régiamente, enchidos com o nosso dinheiro), será muito tarde.

No mais, caro Tunico, o Brasil vai bem (sendo) obrigado.

SDS.

Ricardo Rayol disse...

nada como resumir de forma didática o real inferno que vivemos. Parabéns adiantado.

Fábio Mayer disse...

Falta arroz por conta do desgoverno no Roraima.

Falta trigo, por conta da inexistência de atitude em fazer cumprir os contratos assinados com a Argentina, que simplesmente passa por cima dos interesses brasileiros na questão.

Falta gás, porque o governo resolveu passar a mão na cabeça do Evinho.

E o álcool encarece nas bombas, porque o governo não consegue combater a especulação, mesmo com a safra recorde.

Uma coisa é o sucesso no campo econômico, outra, completamente alheia, é a inflação. Aquela depende de uma estrutura de consumo, esta, depende da regulação deste e da mão firme do governo. Mas este governo é bom em incentivar o consumo, e péssimo em ter mão firme com qualquer coisa...

De qualquer modo, parabéns pelo bloganiversário!

tunico disse...

Fábio, o arroz está caro porque há especulação, com a inflação que começa a ter rédea solta pelo próprio governo, encabeçado pelo Mantega. Não é só o problema de Roraima. Os maiores produtores são do Rio Grande do Sul e Goiás, que estão segurando o produto esperando alta maior,para gerar capital de giro maior.Alta maior, gera inflação e inflação gera mais especulação. Estamos assistindo de novo o início da espiral.Isso porque, a inflação de alimentos hoje não é de demanda(falta de produto).É financeira. Gastos públicos mais altos enxugam o dinheiro disponível para investimento.Convivemos com crescimento econômico sem contenção de gastos e juros altos.Os juros não podem abaixar mais porque não há sobra de caixa no governo para pagar o serviço da dívida pública.É o pior dos mundos.Do lado do investidor,é mais negócio investir em papéis do governo do que em investimentos produtivos.

tunico disse...

CA, justiça seja feita. O Estadão, a VEJA,a FSP aqui em SP de certa forma denunciam. Alguns poucos jornalistas independentes também. O resto da nossa imprensa lida,falada e televisada é vaquinha de presépio porque estão comprados com verbas do governo ou têm a cor vermelha ou "pink" nos seus cérebros.Quando não têm a cor marrom de merda. O povão assiste o Datena, o Ratinho, o bispo da Record e esses são vendidos(els próprios ou os seus patrões) ao poder de plantão seja ele quem for. A Globo tem aquele contencioso de 4 bi com o BNDES que os deixa de saia justa.Porisso bate uma vez no cravo, outra na ferradura. Se a batida no cravo doer no governo, logo eles batem na ferradura um pouco mais forte para equilibrar.E assim vamos(mal).

Ronald disse...

A coisa está feia mesmo, assim preparem-se...

Um feliz aniversário Tunico, mesmo que atrasado

Abraços

LIBERTÁRIO DA ESQUERDA disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tunico disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
tita coelho disse...

Tunico é deprimente...
mas vou te contar, queria ter visto de perto a cara de babaca do Tarso kkkkkk

Fábio Mayer disse...

Concordo com quase tudo...

Mas eu sou daqueles que acham, que o problema do trânsito não é causado pelo excesso de carros, mas sim pela EXTRAORDINÁRIA incompetência e má educação dos brasileiros.

posturaativa disse...

a casa caiu, só isso.
não tem propaganda que ponha comida no prato do povo
e agora senhor da silva? qual será o novo pac?
mais imposto para cobrir o buraco?

Pata Irada disse...

Quando se tem a oportunidade de ver uma chapoletada dessas, bem no meio das fussas de um imbecil, ah!
a alma fica, como diria Odorico Paraguaçu, lavada e enxaguada. hehehehe!
Sabe Tunico, fico imaginando a cena. Um churra no final de semana, la famiglia" toda reunida papai, Lulu e todos os genros e apendicites... Deve ser hilário.
Baita beijo.

Alcinéa Cavalcante disse...

Oi, Tunico
Hoje eu não quero saber nem de arroz nem de feijão.
Eu quero é bolo, de preferência de chocolate.
Feliz aniversário, meu querido.
Paz, saúde e amor sempre.