Translator

quinta-feira, janeiro 17, 2008

Infeliz do país que não tem elites

O "presimente" Lula, sempre que é contrariado, costuma dizer que aqueles que o atacam são membros da elite, dando uma conotação extremamente pejorativa ao grupo.
Quem compõe a elite de um país? Apenas seus integrantes mais abonados? Não. Mas mesmo que isso fosse verdade, ainda assim a demonização seria perigosa. Todos são corruptos, parasitas e impatriotas? Não. Mas mesmo que o fossem, pragmaticamente, são estes que, detendo o poder econômico, bem ou mal, são os grandes formadores do PIB e responsáveis pelo emprego no país.
Será que vale a pena evitá-los?Demonizá-los? E se eles resolvem ir embora, como Tião Maia, Antônio Carlos de Almeida Braga e Jorge Paulo Lehmann já o fizeram, como vários empreendedores europeus e bancos americanos já se retiraram, como recentemente uma humilde pessoa física, o jogador de futebol Zé Roberto, o fez!
Mas elite não é sinônimo de riqueza. Elite é diferenciação de desempenho em qualquer atividade. Uma pessoa é considerada integrante da elite, em função de destaque reconhecido naquilo que faz, o que automaticamente gera status, poder e até riqueza.
Existe elite na universidade, nos esportes, na cultura, no jornalismo, na diplomacia, na política, até no meio sindical, enfim, na gestão de todas as coisas importantes.
Lula quando ataca as elites está se comprometendo. O presidente da República, seus principais assessores no executivo e os membros mais proeminentes do judiciário e do legislativo, quer ele queira quer não, fazem parte da elite! Ganham em média 40 vezes mais que a média dos brasileiros.
Resumindo, infeliz do país sem elites, significa um país onde ninguém se destaca, que tristeza!

Relembremos alguns inquestionáveis membros da elite brasileira, nenhum citado em função de sua riqueza, todos já falecidos, para não causar constrangimentos:
D. Pedro II, José Bonifácio, Duque de Caxias, Rui Barbosa, Barão do Rio Branco, Barão de Mauá, Santos Dumont,Getúlio Vargas, Juscelino Kubitscheck, Castello Branco, e mais, Tom Jobim, Di Cavalcanti, Villa-Lobos, Jorge Amado, Lucio Meira, Cacilda Becker, Carlos Drummond de Andrade, Guiomar Novaes, e ainda Carlos Lacerda e Leonel Brizola, Chateaubriand, Julio Mesquita, Otavio Frias e Samuel Wainer, e porque não? Silveira Sampaio, Francisco Alves, Paulo Gracindo, Chacrinha, Ronald Golias, Ademar Ferreira da Silva,João do Pulo, Elis Regina, etc, graças a Deus poderíamos citar milhares de pessoas que se sobressaíram em suas atividades e fizeram jus e ser tidos como membros de elites reconhecidos e admirados.


Será que alguma dessas pessoas saísse nas ruas, e o fizeram inúmeras vezes, por não concordarem com o governante de plantão, deveriam ser desqualificadas?
Se for para culpar as elites por ser vaiado no Maracanã ou por favelados terem se expressado de maneira menos recomendável, ao alvejar um trem com dois Ministros de Estado,ou que a oposição derrube pretensões inconfessáveis do governo, que o presidente nomine individualmente aqueles que ele crê que estejam agindo apenas politicamente contra ele.


Senhor Luís Inácio da Silva e seus fiéis seguidores: Não subestimem a opinião de um enorme contingente de pessoas que teve tempo de avaliar um governo, aprovar eventualmente ações bem executadas, mas não necessariamente concordar com tudo.
Este grupo pode ser grande e crescente e tem o direito de verbalizar seu inconformismo em todos os tipos de manifestação que a democracia contempla. E que não se culpe genericamente as elites.


Engº João Ernesto Figueiredo
É engenheiro consultor e vice-presidente do Conselho Consultivo do Instituto de Engenharia
Fonte: Jornal do Instituto de Engenharia, ano IV, nº 37, setembro de 2007.

Os itens em negrito foram complementados e editados pelo blog "Estou de olho" em 16/01/2008.

17 comentários:

Fábio Mayer disse...

Se hoje existe uma elite no Brasil, ela é formada por detentores de cargos em comissão, que são milhões de pessoas nos 3 poderes e em todas as esferas do serviço público.

São elites, porque assumem um cargo público sem concurso e sem qualquer qualificação para tanto, e ganham muito mais que os concursados e que os que prestarm trabalho similar na iniciativa privada.

E mais que isso, a elite da elite, são os comissionados federais, mormente os milhares admitidos neste governo.

Jussara Gehrke disse...

excelente!

o presimente faz parte da elite dos ignorantes...hehe...isso existe?...hahaha...ele sobressai neste quesito - portanto é elite lá também... e são tantos nestepaiz.

Marcos disse...

Lula disseminou elo país um conflito de classes jamais visto. Se você se der ao trabalho de assistir aos intervalos das grandes redes de tv, sempre encontrará um ou dois pedindo coisas para os pobres, os cancerosos, os deficientes físicos... Em casa não deixamos de receber telefonemas de ong, orfanatos, igrejas, lbv pedindo donativos. A classe média está sendo responsabilizada, muitas vezes, por ações que o Estado deveria fazer e não faz. O miserável se acha no direito de assaltar ou simplesmente furtar o boné de um garoto porque o prejudicado tem mais do que ele.
O que o engenheiro falou, falei há alguns meses e me dói não ver a grande imprensa questionar esse tipo de coisas.

Jussara Gehrke disse...

muito bem lembrado Marcos, a classe média é quem sempre leva, paga mais impostos e ainda é 'assaltada'diarimente com as solicitaçoes que vc se refere, e ainda faz com que se sinta culpada pelo que acontece nestepaiz...
isso tem mesmo piorado ultimamente.

Ricardo Rayol disse...

Eu sou elite, será que isso dá dinheiro?

mandou bem o tal engenheiro

Angelo da C.I.A. disse...

Acho que foi em Ortega y Gasset que li, com muita propriedade e corretude que as nações são mais desenvolvidas quanto maiores forem as proporções de sua "elite".
O problema no Brasil é haver uma elite que, por predadora que é das outras classes, jamais poderá crescer demasiadamente: A dos Compadres do poder! Além de desqualificada e não nascida do mérito e da competência pessoal, ela se faz justamente do roubo das pessoas que são a "elite" por direito, os competentes e bem-sucedidos.

tita coelho disse...

ótimo Tunico!
O presidente fala em Elite como tentativa de discriminação! Ele faz parte da elite que ele tanto reclama! Muito bem colocado esse texto aqui!
beijos bom final de semana

Anônimo disse...

Meus caros, a classe média nunca foi elite, nem a classe média alta!
A elite que o PT aponta o dedo é uma classe de pessoas que não está exposta, não pensem que é aquela familia rica que vc conhece ou ouviu falar, aquele executivo ou diretor de multinacional. Estes são ferramentas úteis, apenas.
É uma classe de pessoas que usa ambição e a ingenuidade da classe média, para lucrar com o trabalho das massas. São pessoas que de berço e à varias gerações tem garantida sua existência com padrões só possíveis ao custo do sacrifício de centenas de milhares por cada membro desta elite.
Me diverte quando vejo menbros da classe média se achando a elite atacada pelo PT, mais uma vez se mostram inocentes úteis...

Jussara Gehrke disse...

como podemos observar, esse aí em cima também tem dificuldade com o português:
'à varias gerações'

na classe média é que está a elite pensante, leu o texto e não entendeu nada!

Lucianara disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Fernandinho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tunico disse...

O anônimo aí em cima em vez de se divertir, que aponte então quem são as pessoas de elite em vez de ficar tergiversando. Quem são aqueles que POR várias gerações garantem sua existência à custa do sacrifício de milhares? Dê exemplos!
Seria Antonio Ermírio de Moraes? Que emprega milhares de pessoas em seu império industrial? Ou seria Blairo Maggi o rei da soja, que apoia o governo?Ou seria o dono da Sadia que foi ministro do governo Lula? Ou então seriam os banqueiros da FEBRABAN que são os maiores beneficiários do governo e que apoiam este governo? Afinal, senhor anônimo, nos diga quem são os membros da elite que Lula e o PT acusam? Nós, a massa ignara da classe média, sufocada pelos altos impostos e pela burocracia sindicalista que se apossou do governo, queremos saber! Dê nomes aos bois, ou aos donos da boiada!

jussara gehrke disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tunico disse...

Aos "fakes" de plantão. Esse blog não aceita "fake nem anônimos ofensivos. Deleto mesmo. Se quiserem o contraponto, identifiquem-se.Mostrem a cara.Sem covardia.

Jussara Gehrke disse...

sempre ouvi dizer que quem grita é quem não está com a razão.

aqui nos blogs os anonimos ficam gritando asneiras, não tem argumentos e acabam se esperneando!

é muito triste alguém ter que se esconder, significa que está sem a razão Tunico, só isso.

tunico disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Jussara Gehrke disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.