Translator

sábado, janeiro 27, 2007

Hoje é Sábado e eu não ia escrever nada. Pretendia ler a Veja, os jornais e me dedicar ao “dolce far niente “ do final de semana depois de uma semana agitada de trabalho. Mas estava arrumando meus CD´s, meus DVD´s e me deparei com um velho CD do Pink Floyd.Li no Estadão de hoje uma entrevista com Roger Waters, líder do grupo até 1985 e que em março estará no Brasil para fazer o show ao vivo, “The Dark Side of The Moon” no estádio do Morumbi, em São Paulo. Pena que o grupo não está todo reunido. Lembrei-me de anteontem quando li um post do Aluízio onde ele se declarou ex-músico e que tinha uma banda de rock “cover” dos Beatles nos idos dos anos sessenta. Eu também comecei a enveredar pela música nesta época. Tinha um violão profissional (que aliás ainda tenho e gastei 230 reais em dezembro passado para reformá-lo na própria fábrica da Di Giorgio) e aprendi a tocar “de orelha” tanto violão como guitarra, escutando nas vitrolas os compactos e LP´s da época. De vez em quando, pego o violão e relembro os sucessos do rock dos anos 60,70 , da bossa-nova e da MPB daquela época revolucionária da música brasileira e mundial.
Uma canção do Pink que sempre gostei é “Us and Them” pela melodia, pelo andamento, pela letra. Tenho o DVD “PULSE”, show ao vivo de 1994, onde David Gilmour, Rick Wright, Nick Mason (sem Roger Waters) fazem um “remake” maravilhoso, com o sax de Dick Parry. Vejo e ouço(mais ouço que vejo) sempre que posso.
Segue abaixo para deleite dos meus 3 leitores, o vídeo de “Us and Them” que está no You Tube, um show ao vivo de 1988. A letra para quem quiser acompanhar, está aí.
Segundo os autores, esta música descreve a tendência do povo em se dividir em parcelas diferentes de opinião em casos como conflitos, política e classes sociais. Mais que isso é uma descrição da batalha entre os cidadãos e seus governantes. A batalha entre “NÓS E ELES”. Afinal, é isso que fazemos aqui, não é mesmo?







US AND THEM (Pink Floyd-1975)
Us, and them/And after all were only ordinary men.
Me, and you./God only knows its now what we would choose to do.
Forward he cried from the rear/And the front rank died.
And the general sat and the lines on the map/Moved from side to side.
Black and blue/And who knows which is which and who is who.
Up and down./But in the end its only round and round.
Havent you heard its a battle of words/The poster bearer cried.
Listen son, said the man with the gun/Theres room for you inside.

Down and out/It cant be helped but theres a lot of it about.
With, without./And wholl deny its what the fightings all about?
Out of the way, its a busy day/Ive got things on my mind.
For the want of the price of tea and a slice/The old man died.

Autores: Roger Waters e Richard Wright

8 comentários:

Stella disse...

wow Tunico que post magnífico! Adoro Pink e como outros grupos daquela época, essa letra é perfeita e atual.

Keep Talking
It doesn't have to be like this
All we need to do is make sure we keep talking

keikas disse...

oh! lendo teu post, voltei um bucadinho no passado e comecei a lembrar; pessoas que hoje estão no poder e alguns artistas com mais ou menos 55 a 60 anos (mais ou menos) foram revolucionários e briguentos ha uns 35, 30 , 25 anos atrás, Cade esta garra, pra onde foi??? Me sinto uma banana em relação a eles....

DELETADO disse...

Sou uma super fã do Pink Floyd e adorei ver que temos mais isso em comum.
Fofo, acabo de fazer um desabafo na minha nova postagem e espero que vc possa contribuir de alguma forma para me esclarecer.
A vovó aqui está se sentindo perdida e procuro por respostas!
Te aguardo,
SôniaSSRJ

Ricardo Rayol disse...

Tunico, Tu sabes que sou um indignado por natureza. Por isso, peço desculpas para ocupar teu tempo com um assunto bem cretino. A Sônia anda espalhando um monte de merda lamurienta a respeito do movimento evolução. Para uma pessoa que se diz idosa o faz de um jeito bem desagradável. Gostaria de pedir que entendesse o outro lado da estória. Sei que você não tem nada com isso mas se já não bastasse termos que aturar petralhas ainda por cima aturar "fogo amigo" é foda.

peladuz disse...

Amigo.

Falou Pink Floyd, falou a palavra mágica.
Belo post. Vc está de parabéns.

Bom dia.

Nemerson Lavoura disse...

Grande Tunico, eu também sou mais um "adorador" do Pink Floyd. Parabéns pelo post e pela lembrança maravilhosa.
Abraços

Anônimo disse...

Ola!
Parabens!
Gostariamos muito que escrevesse em nosso portal www.zigbr.com sobre qualquer assunto escolha o assunto obrigado
ficaremos muito felises com sua participação

Anônimo disse...

Ola!
Parabens!
Gostariamos muito que escrevesse em nosso portal www.zigbr.com sobre qualquer assunto escolha o assunto obrigado
ficaremos muito felises com sua participação