Translator

sábado, novembro 26, 2005

Lula critica mediocridade de políticos

Publicada no Estadão de hoje (página A10) com esta chamada, a crítica do presidente em Fortaleza, responsabilizando a "mediocridade política" pela manutenção da desigualdade social e das regiões menos favorecidas, como o Nordeste.

Lula diz que "parte dessas coisas acontece pela mediocridade política do Brasil, pela mediocridade de uma classe política, onde boa parte não consegue pensar o País nem um minuto além do seu mandato, só visando a reeleição".

Pois bem. Lula é também um político. Se não é, é o que? um ET? E dentro da linha do raciocínio dele, como político que ele realmente é, é tão medíocre quanto os outros.

Concordo com ele quando diz que os políticos brasileiros não pensam a longo prazo, não pensam no desenvolvimento do Brasil e sim somente no seu mandato. Aliás, todo cidadão brasileiro comum concordaria com ele neste argumento.

Aí mora a esperteza do político Lula da Silva.

Ele está querendo dar a entender ao seu público que ele é um mero cidadão criticando os políticos como todos nós criticamos numa mesa de boteco. Mas na verdade ele é o Presidente da República, responsável por tudo isso que está acontecendo neste país.

Está querendo cair fora da sua responsabilidade, jogando a culpa nos políticos como se ele não fosse um deles .

E com isso, criar condições para a sua reeleição, exatamente como os políticos que ele tanto critica.Está pensando no seu mandato atual e (Deus me livre!) no próximo.

3 comentários:

Thomaz Magalhães disse...

Dá, de cara, para questionar o entendimento de Luís Inácio sobre o termo medíocre. Não acredito que lhe tenham contado referir mediano, na média. Que ele, sabemos, está abaixo. Já sua tática de comunicação é algo mais densa: furar a interpretação e crítica da mídia escrita, editada, falando principalmente pelo rádio, direto à parte dos brasileiros que anda cevando melhor: os quase 10 milhões de portadores de título eleitoral que ganham um mensalinho de 50 mérréis. De sua mãe orgulhosamente analfabeta pode ter ouvido algum dia o dito: nunca espere gratidão de que recebe esmola.

Santos Passos disse...

E querias que ele pensasse em quê. O instinto de sobrevivência não é o primeiro de todos? ;)

tunico disse...

Sem duvida,Santos.